2 de setembro de 2014

Conheçam as "Queens of África" - bonecas negras que vendem mais que a Barbie na Nigéria.

 
Oi amores, tudo bem com vocês?
Fiquei muito feliz ao conhecer a historia das bonecas "Queens of África" (rainhas da África) criadas pelo nigeriano Taofick Okoya. Sabemos que existe uma cultura de supervalorização de "bonecas e personagens brancos" e, foi justamente isso que levou Taofick a abrir a fabrica de bonecas. Dois episódios, foram fundamentais para que visse a necessidade de desenvolver as bonecas: quando ele foi comprar um presente para sua sobrinha e encontrou só bonecas brancas; e a declaração feita pela própria filha de Taofick aos três anos de idade que disse querer ser branca, e ele como pai teve que explicar que somos diferentes e que ser negro também era bonito.
A "Queens of África" foi criada em 2006. A fabrica hoje produz 24 mil unidades por mês e apesar das dificuldades enfrentadas pelo dono para emplacar o produto no mercado, a boneca negra na Nigéria vende mais que a Barbie. A noticia ruim é que as vendas são apenas na Nigéria por enquanto, mas já falam que logo outros países inclusive o Brasil receberão as bonecas.
Achei as Queens lindas e a iniciativa fantástica, pois, a identidade do povo negro sofre bombardeios da cultura branca e isso faz com que muitos queiram "ser brancos" para se sentirem melhores. A cada dia faz-se necessário o valor e o amor ao que somos e são projetos como esses que nos ajudam a pensar melhor e acima de tudo viver melhor.




Segundo Taofick, inicialmente os nigerianos demoraram a aceitar as bonecas negras, as crianças estavam acostumadas as Barbies.
Espero que tenham gostado do post de hoje. Beijos!



Comentário(s)
2 Comentário(s)

2 comentários :